Dica de filme: Ensaio Sobre a Cegueira!

quinta-feira, agosto 14, 2014

Oi gente!!!
Hoje o post é sobre filme e vim trazer a indicação de um filme incrível que assisti esses dias! O filme é o Ensaio Sobre a Cegueira, do diretor brasileiro Fernando Meirelles! Apesar de ter direção brasileira, o filme conta com um elenco de peso hollywoodiano, com protagonistas vividos por Julianne Moore e Mark Ruffalo.


Baseado no famoso livro homônimo de José Saramago, o filme gira em torno de uma epidemia que espalha-se rapidamente pelo mundo inteiro. Denominada como "epidemia branca", ela manifesta-se primeiramente em um único homem, durante a sua rotina habitual. Quando está sentado no semáforo, este homem tem um ataque de cegueira, e é aí, com as pessoas que correm em seu socorro que uma cadeia sucessiva de cegueira se forma… Uma cegueira, branca, como um mar de leite e jamais conhecida, alastra-se rapidamente em forma de epidemia. O governo decide agir, e as pessoas infectadas são colocadas em uma quarentena com recursos limitados que irá desvendar aos poucos as características primitivas do ser humano.


A força da epidemia não diminui com as atitudes tomadas pelo governo e depressa o mundo se torna cego, onde apenas uma mulher, misteriosamente e secretamente manterá a sua visão, enfrentando todos os horrores que serão causados, presenciando visualmente todos os sentimentos que se desenrolam na obra: poder, obediência, ganância, carinho, desejo, vergonha; dominadores, dominados, subjugadores e subjugados.


Nesta quarentena esses sentimentos se irão desenvolver sob diversas formas: lutas entre grupos pela pouca comida disponibilizada, compaixão pelos doentes e os mais necessitados, como idosos ou crianças, embaraço por atitudes que antes nunca seriam cometidas, atos de violência, abuso sexual, mortes...
Saramago mostra, através desta obra intensiva e sofrida, as reações do ser humano às necessidades, à incapacidade, à impotência, ao desprezo e ao abandono. Leva-nos também a refletir sobre a moral, costumes, ética e preconceito através dos olhos da personagem principal, a mulher do médico, que se depara ao longo da narrativa com situações inadmissíveis; mata para se preservar e aos demais; depara-se com a morte de maneiras bizarras, como cadáveres espalhados pelas ruas e incêndios; após a saída do hospício, ao entrar numa igreja, presencia um cenário em que todos os santos se encontram vendados: “se os céus não vêem, que ninguém veja”…


A obra acaba quando subitamente, exatamente pela ordem de contágio, o mundo cego dá lugar ao mundo imundo e bárbaro. No entanto, as memórias e rastros não se desvanecem.
O que eu mais achei interessante é que Saramago não faz distinção dos personagens pelos seus nomes, mas sim, pelas suas características e particularidades. Os personagens são todos alegorias.


Preparem-se para assistir à uma obra tocante, que traz junto a ela uma grande reflexão.
Confiram o trailer:

E aí, gostaram da dica? Já assistiram? Me contem!!! Bjos

You Might Also Like

6 comentários

  1. Nossa, parece muito muito bom!
    Gosto de filmes assim!
    beijinhos, Rê

    http://renatatruchinski.com

    ResponderExcluir
  2. Eu já li o livro e gostei demais dessa história. Eu tô com este filme aqui em casa pra assistir :D
    bjoka http://diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto bastante desse filme! Ótima dica.

    Beijos

    Jéssica
    Fashion Jacket - www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da dica!

      Bjos

      Excluir

Subscribe